olhar-geek-quarta-opo

time-travel-rules-5

Viagem no tempo: entenda quais regras você deve seguir

Se você está planejando viajar no tempo, precisa estar preparado. Felizmente, Hollywood já nos forneceu uma bagagem enorme de referências em filmes para ficarmos atentos quando finalmente conseguirmos revisitar o passado ou espiarmos o futuro. Confira a seguir uma lista com 4 regras de viagem no tempo que você deve obedecer para não cometer o mesmo erro de outros:

"O exterminador do futuro" (1984): Garanta que o seu futuro exista

Um dos problemas de voltar no tempo é que qualquer coisa que você fizer, provavelmente vai mudar o futuro de uma maneira imprevisível. No entanto, uma das mais interessantes e confusas razões para quem já viajou para o passado, é a necessidade de garantir que o futuro aconteça. Um exemplo claro disso é o primeiro “O exterminador do futuro”, onde Kyle Reese, a pedido de John Connor, retorna anos antes do juízo final, para se apaixonar por Sarah Connor e gerar uma criança...o próprio John Connor! Se você descobriu que é fruto da relação entre um viajante do tempo e uma Sarah Connor da vida, não se esqueça de enviar o seu pai para o passado, para garantir a sua própria existência, ok?

time-travel-rules

 

"12 macacos" (1995): Aos olhos dos outros, tente não parecer um maluco

Sim, viajar no tempo pode ser algo desorientador. Quem nunca passou por essa sensação de embrulho no estômago – imagine algo como estar em uma montanha-russa? Mas é necessário ficar esperto pois, dependendo da época em que você aterrissar, as pessoas podem não recebê-lo muito bem. Aprenda com o erro do personagem James Cole, que voltou no tempo desesperado para encontrar uma solução de modo a evitar uma praga que dizimou praticamente a raça humana. Ele estava tão atormentado que foi considerado um maluco e imediatamente confinado em um hospício. Ou seja, a lição a se aprender aqui é: se puder voltar no tempo, fique de boca calada.

time-travel-rules-2

 

"A máquina do tempo" (2002): Não adianta mudar o passado, só o futuro

Se você finalmente resolver voltar no tempo para mudar o seu próprio passado afim de transformar-se em um mega milionário, não se surpreenda se nada acontecer e você continuar na merda. O filme “A máquina do tempo” explica bem essa regra infeliz. Você pode até tentar mudar uma coisinha aqui ou ali, mas no final, os grandes acontecimentos vão acontecer de qualquer jeito. Por outro lado, se você vislumbrar um futuro nebuloso para o seu próprio “eu”, saiba que é possível mexer alguns “pauzinhos” para mudar a sua versão envelhecida. Só não esquece de lembrar em qual data você foi viajar para visitar novamente mais tarde e se certificar de que deu tudo certo.

time-travel-rules-3

 

"Efeito borboleta" (2004): Quem tenta melhor o futuro de um estraga o futuro de outro

Considere a situação: você pode escolher ajudar um amigo, mas ao ajudá-lo, você prejudica o futuro de outra pessoa. Ao tentar voltar no tempo para consertar o futuro dessa pessoa que você estragou, você acaba atrapalhando o futuro de um terceiro indivíduo. Pois é, não é tão simples consertar o futuro das pessoas. Que o diga o Ashton Kutcher. Ele tentou, tentou e tentou várias vezes, até finalmente encontrar um futuro que o satisfizesse. Moral da história, não tente mudar o futuro dos outros. Quem tenta melhorar, estraga.

time-travel-rules-4

Leia também:

Qual trilogia matou mais pessoas? Senhor dos Anéis ou Star Wars?

Esse post, você, sua tia e a Grécia Antiga. Qual a relação?