olhar-geek-quarta-opo

league-of-legends-dicas-para-comecar

Dicas para começar a jogar League of Legends

Publicado pela Riot em agosto de 2009, League of Legends já conquistou milhares de fãs pelo mundo e foi um dos grandes responsáveis por abrir portas para o e-sports. Assim como Heroes of the Storm e Dota2, é um jogo no estilo MOBA free-to-play que apresenta diversas peculiaridades que consolidam toda a mecânica do jogo. Isso garante ao LoL o primeiro lugar entre os games mais jogados em todo mundo. Além disso, conta com dublagem e legenda em português do Brasil.

Começar a jogar pode ser difícil, mas não fique frustrado: uma partida sempre será diferente da outra.

Para aqueles que nunca jogaram League of Legends, assim como qualquer outro MOBA, uma das grandes reclamações é o fato de se jogar sempre no mesmo mapa com os mesmos objetivos. Porém, é importante entender que isso não significa que o jogo será repetitivo. Na realidade, um dos aspectos mais fortes relacionados aos MOBAs é justamente o fato de uma partida nunca ser igual a anterior, mesmo que se jogue com os mesmos jogadores e os mesmos campeões. Isso é decorrente da estratégia e da forma como todos os estão jogando a partida.

Para entender como a mecânica do jogo funciona, é necessário separar as principais condicionantes que compõe as partidas de League of Legends: os heróis, os objetivos, os itens runas e feitiços e o time.

Escolhendo o campeão em League of Legends

campeoes-de-league-of-legends

“Olha só, esse boneco aqui parece ser bom. Ele é um lobisomem, será que vai dar certo?”

Ao todo, as escolhas ficam entre 126 campeões, que tem seu número aumentado a cada mês. Cada um possui uma forma particular de jogar, com habilidades únicas, sendo sempre quatro: três habilidades que podem evoluir a qualquer momento e uma habilidade chamda de ultimate (ult), que tende a apresentar um maior dano e impacto no jogo. Além da variedade de builds que podem compor um herói. Neste caso, recomendamos que acesse o site Mobafire para ver os melhores itens e formas de jogo de cada personagem em específico. Além disso, os campeões possuem especializações diferentes: assassino, lutador, mago, suporte, tanque e franco-atirador. Cada uma dessas subdivisões apresenta inúmeras possibilidades de jogo, mas sempre devem ser escolhidas para que haja uma boa distribuição para as Teamfights e para manter cada uma das lanes do jogo: Top, Mid e Bot e a Jungle.

“Campeões, teamfights, lanes... oi?”

As regras de League of Legends

regras-de-league-of-legends

Para entender os termos citados, é necessário aprofundar nos aspectos dos objetivos das partidas. O principal sempre será derrotar o Nexus do adversário, ou destruir a base, como preferir. Mas para isso, é necessário chegar até lá e ai aparecem os objetivos secundários. O mais comum é o de destruir as torres de defesa que estão em cada uma das três linhas do mapa, superior (top), meio (mid) e inferior (bot). Cada linha conta com três torres de defesa (cada uma com uma funcionalidade específica diferente) e mais um inibidor (destruindo, é possível que as tropas fiquem fortificadas). O Nexus possui mais duas torres de defesa.

Além disso, existem os objetivos contidos na Jungle, que seria toda área do mapa que não seja as três linhas principais. Nela, é possível obter os poderes temporários passivos de fortificação de dano e de magia, além dos buffs concedidos pelo Dragão e pelo Barão. O primeiro é mais fácil de ser derrotado e a melhoria garantida vem a cada vez que é derrotado, enquanto o Barão concede um grande poder ao ser abatido, porém, com maior dificuldade. Dominar o campo de batalha e focar nestes objetivos é uma ótima forma de vencer as partidas. O papel do Jungler é de assegurar os objetivos e gankar. O gank é o momento em que o Jungler deixa seus objetivos específicos de lado para ajudar uma das linhas de ataque a derrotar o oponente e, consequentemente, destruir uma das torres inimigas. Possivelmente é a tarefa mais complicada de aprender. Além disso, existe o Suporte, tem como função recuperar a vida e conceder buffs para a equipe e, de maneira geral, anda junto com o Attack Damage Carry (ADC), responsável pelo maior dano da equipe e é aquele que deve destruir as torres, ambos iniciam pelo Bot. O Mid não possui uma regra, mas é aconselhável que se jogue com um personagem com dano mágico que ataque a distância, que tenha uma boa capacidade de derrotar as tropas com habilidades em área. Por sua vez, o Top é levado pelo Tank ou Guerreiro da equipe.

“Quero ver como é ser ADC. Preciso saber de mais alguma coisa?”

Cada membro da equipe cumpre determinada função em League of Legends, como já mencionado e deve fazer sua build de acordo com tal. Para isso, três fatores são essenciais: 1) Feitiços heroicos são independentes da escolha do campeão, mas procure utilizar aqueles que enfatizam sua função. Ao jogar de suporte, talvez seja interessante pegar um poder que garanta escudo ou vida a um aliado. Se jogar de ADC, algo que melhore ou que cause dano sobre o tempo seria ideal. 2) Runas são a parte mais específica do jogo e devem ter maior dedicação e preocupação após o nível 30 da conta, onde o jogador terá acesso a todos os locais e as runas mais fortes. Se estiver começando a jogar League of Legends agora, não se preocupe com isso, invista no aprendizado e em novos personagens. 3) Itens estão presentes em todos os jogos e devem ser comprados com o dinheiro obtido ao longo da partida. Eles devem ser utilizados de forma a melhorar o dano ou defesa, por exemplo. Isto é, cada item apresenta características específicas e devem ser combinados de acordo com a função e a build que está prevendo para o personagem que está jogando no momento.

“Acho que estou pronto para começar! Mas... Por onde começar?”

Cada partida no modo principal do jogo conta com 5 jogadores para cada time e eles devem trabalhar em conjunto para conquistar os objetivos. Lembre-se: já existem 5 inimigos declarados no jogo, tente não criar mais inimigos no próprio time. Isso porque a sinergia entre os jogadores é fundamental, cada um cumprindo sua função no jogo e montar uma estratégia com eles é a chave para o sucesso. Atitudes que menosprezem um jogador pode afetar o time inteiro. Por isso, por mais que esteja com raiva, tente explicar como as coisas funcionam: um bom comportamento irá garantir uma boa partida e até possíveis novas amizades. E jogar com os amigos é sempre mais legal.

Um dos pontos interessantes de consolidar uma equipe ou mesmo de procurar a maestria no jogo é justamente o cenário de e-sports internacional que League of Legends está presente. Atualmente, possui os maiores e mais significativos campeonatos em todo o mundo, com premiações em dinheiro. Inclusive, o campeão internacional de LoL em 2014 ganhou US$ 1 milhão. Existem diversas equipes brasileiras que disputam o CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends) anualmente, para garantir uma vaga no campeonato mundial. Existem diversos grupos no facebook que possuem o foco no lado competitivo.

Que tal começar uma teamfight em League of Leagends?

“Isso é tudo?”

Felizmente, não. Para alcançar a maestria em League of Legends é necessário dedicação, mas também é possível jogar apenas por diversão. Ver como as partidas se desenvolvem e como algumas coisas podem mudar devido a uma teamfight bem sucedida por conta da sinergia do time garante uma sensação incrível. Mas, para entender isso de fato, talvez seja a hora de parar de ler este artigo e jogar um pouco. Baixe o jogo em: http://br.leagueoflegends.com/ e divirta-se!