olhar-geek-quarta-opo

google-penguin-como-se-precaver-de-uma-punicao-ao-seu-site

Saiba como se prevenir ao temido pinguim do Google, evitando punições

Profissionais de SEO e desenvolvedores: vocês conferem seus backlinks com regularidade? Pois essa pode ser justamente a diferença entre ter sua página protegida e sofrer uma punição do Google, caindo muitas posições no buscador.

O Google Penguin:

Antes de começarmos este tutorial de como evitar punições do temido pinguim, uma breve explicação aos iniciantes. O Google Penguin é um algoritmo da empresa para garantir que sites praticantes de técnicas negativas não estejam entre os primeiros resultados. Atualmente, estamos na terceira versão (Google Penguin 3.0), liberado no dia 17 de outubro de 2014. Houve ainda uma atualização posterior.

Especificamente, o Google Penguin rebaixa os rankings de sites que pratiquem o mal uso de obtenção de backlinks, indo contra suas diretrizes (Webmasters Guidelines). Os erros mais comuns:

- Compra de links apontando para o seu site (JAMAIS faça isso)

- Obtenção de links de forma artificial e deliberada

- Quantidade alta de links de baixa qualidade apontando para o seu site (sabe aquele amigo que diz ser bom colocar backlinks em comentários de blogs? Bom, é uma péssima ideia)

- Backlinks com texto-âncora otimizados em grande quantidade

O Google Penguin existe para garantir que os usuários do buscador sempre tenham como resultado sites de qualidade, com conteúdo relevante e útil.

OK, como evitar uma punição do Google Penguin?

Agora que você já sabe do que se trata o algoritmo, hora de saber como se precaver.

  • Primeiro passo: obviamente, não pratique nada que vá contra as diretrizes do Google. Qualidade sempre deve estar acima de tudo. Os quatro exemplos anteriores são coisas que devem ser evitadas.
  • Segundo passo: use uma ferramenta de identificação. Particularmente, indico a SEO SpyGlass. Observe a imagem abaixo.

grafico-de-backlinks-prejudiciais

Após realizar o download e instalar o software, coloque a URL do site a ser verificado. Na aba Link Penalty Risks, você verá o resultado semelhante ao da imagem. Caso só apareçam resultados verdes (0% a 30%), sem problemas, seu site está seguro. Por outro lado, havendo marcações amarelas e vermelhas, continue para o próximo passo.

  • Terceiro passo: hora de remover os links indesejados. A maneira mais indicada é solicitando ao webmaster daquela página que remova o link. Por outro lado, caso você não obtenha êxito, o Google oferece a Disavow Tool. Essa excelente ferramenta permite que você mostre ao Google quais links devem ser desconsiderados em relação ao seu site. Basta seguir as instruções e realizar o upload do arquivo contendo as informações.

Mantendo a rotina para evitar uma punição do Google Penguin

Repetindo esse processo periodicamente, seu site estará seguro contra possíveis punições. É sempre importante destacar que as diretrizes de qualidade do Google sempre devem ser seguidas.

Tem mais alguma ideia de como proteger os sites? Não deixe de postar nos comentários.