olhar-geek-quarta-opo

counter-strike

São 5 opções de Counter-Strike no Steam, como saber qual comprar?

É claro que todos são excelentes. Mas cada Counter-Strike apresenta uma proposta diferente...Que tal nós desmembrarmos as opções que estão disponíveis no Steam Brasil em resumos exageradamente curtos? Bora lá então:

Counter-Strike 1.0 - A primeira vez a gente nunca esquece

counter-strike

São poucos os que relacionam o lançamento do Counter-Strike 1.0 com o início de todas as novidades que inundariam o conceito realístico nos games de tiro lançados a partir de então. O lançamento do Counter-Strike 1.0 explodiu no começo dos anos 2000 nas Lan Houses do mundo inteiro e apresentou a todos uma dinâmica de combate coletiva jamais vista antes. Bastou botar um bando de jogadores dentro de uma sala, com metade de terroristas e a outra de policiais, disputando em um cenário de guerra em meio a tiros vindos de todos os lados para que o entretenimento do final de semana estivesse garantido. Na realidade uma premissa tão simples...e tão divertida.

Claro que comparar o Counter-Strike dos primórdios anos 2000 com as versões atuais é covardia - não só pelos quesitos de gráficos - mas ainda assim, garante um lugarzinho nos nossos corações, afinal, a primeira vez a gente nunca esquece.

Counter-Strike: Condition Zero – Só por que é bom demais!

counter-strike-condition-zero

Depois de nos acostumarmos com os “campers” safados escondidos em um canto da tela com uma sniper só esperando para alguém passar e levar um headshot, chegou a hora do Counter-Strike dar uma amadurecida. O Counter-Strike Condition Zero foi lançado com a pompa de ser o sucessor do 1.6. Porém, não foi lá bem-sucedido, já que sua versão não mudou drasticamente em relação ao anterior.

Apesar dos pesares, foi lançada também uma expansão, a Deleted Scenes, campanha single player que dá ao jogador missões variadas de diferentes equipes de CTs ao redor do mundo. Se você está convencido de que não vale a pena comprar esse jogo só por causa da campanha single player, provavelmente está certo, mas ainda assim, é um jogo de tiro com os mesmos elementos eletrizantes que tornaram o Counter-Strike bom demais!

Counter-Strike: Source – Para brincar de destruir tudo

counter-strike-source

Mais realismo, mais nível de detalhes, mais isso e mais aquilo. O Counter-Strike Source é comparável ao jogador de futebol que está no banco e é escalado para substituir o titular. Sua atuação pode até não ser inferior aos irmãos, porém, mais uma vez, foi projetado apenas para dar uma remodelada no cenário. De novidade mesmo, foi a introdução de um cenário palpável e tocável, ou melhor dizendo, os jogadores passaram a poder interagir com os objetos à sua volta. Não precisa nem dizer que a partir daí, muitos só entravam em uma sala para brincar de destruir tudo.

Counter-Strike: Global Offensive - Esse ficou com uma cara de “profissa”

counter-strike-global-offensive

Um dos melhores momentos para um jogador é assistir ao trailer de um jogo e perceber na hora: “Esse vai ser sensacional”. O Counter-Strike Global Offensive já nasceu para fazer história. Foi desenvolvido para permitir combates intensos com batalhas épicas em novos cenários espetaculares. Novos personagens, modos de jogo e armas são apenas mais alguns elementos que somam ao conjunto da obra. O Global Offensive continua no mesmo estilo de seus antecessores, mas obviamente com melhorias e, para ninguém chorar, ele roda em praticamente qualquer PC.

Counter-Strike Nexon: Zombies - Simplesmente não conseguimos parar de matar zumbis

counter-strike-zombies

É sério isso? Sim! Conseguimos entender por que os zumbis são tão famosos a ponto de invadirem uma das franquias mais bem-sucedidas de todos os tempos? Hum...aí já é por sua conta descobrir isso amigão, mas a realidade é que depois que os zumbis foram introduzidos aos jogos, nós simplesmente não conseguimos parar de matá-los. No Counter-Strike Nexon: Zombies você pode assumir o lado dos humanos ou dos zumbis, mas mesmo se você não enxergar sentido nenhum nesse modo de jogo, ainda poderá jogar sem essas criaturas. Basicamente, é um remake do 1.6 com ótimas atualizações.