olhar-geek-quarta-opo

comecando-a-jogar-heroes-of-the-storm

Saiba mais sobre Heroes of the Storm, MOBA online e gratuito. Entenda as regras e comece a jogar

Faça o download de Heroes of the Storm neste link

Lançado no dia 02 de junho de 2015, Heroes of the Storm promete revolucionar o gênero MOBA. Criado pela Blizzard, conta com a participação dos heróis dos diferentes universos criados pela empresa, como Warcraft e Diablo. Apesar de ser um Multiplayer Online Battle Arena, seu conceito é muito diferente da fórmula do sucesso contida em League of Legends, Dota 2, Smite, dentre muitos outros jogos do gênero. O importante em HotS é o trabalho em equipe. O tempo todo!

Além de HOTS, a Blizzard também tem o popular Hearthstone

“Mas LOL e Dota 2 também são em equipe, não entendi...”. Calma! Vamos explicar.

Ao pensar nos títulos já consagrados, é possível lembrar-se da fórmula: 5 vs 5, quatro habilidades por heróis com níveis independentes, itens, três linhas de ataque, o mesmo mapa sempre. Neste ponto já é possível destacar inúmeras diferenças: em Heroes of the Storm, o sistema de níveis não é por herói, mas por equipe. Isso significa que, ao ganhar um nível, todos os heróis daquela equipe também recebem. A experiência obtida por abates de tropas ou heróis vai para a equipe como um todo.

Além disso, o jogo conta com oito campos de batalha diferentes, com a garantia de que outros serão implantados com atualizações futuras. Cada um com um objetivo e uma dinâmica diferente do outro. Na Baía do Coração Negro, os heróis devem conquistar dobrões em acampamentos e baús e levar até o pirata fantasmagórico para que sejam lançadas bombas do navio na base inimiga. Enquanto no Jardim do Terror, o objetivo é coletar 100 sementes e utilizar o Terror para avançar as linhas de ataque, destruindo a base adversária. Estes dois exemplos superficiais demonstram como as situações podem ser variadas por conta de cada mapa.

Outro ponto importante são os acampamentos mercenários contidos em cada mapa. Existem alguns modelos diferentes, geralmente espelhados para cada mapa, com um acampamento central (o “field boss”) que são parte importante da dinâmica do jogo. Conquistar um acampamento garante que os mercenários dele juntem-se à sua equipe e acompanhem as tropas para destruir a base inimiga.

“Ok, mapas com dinâmicas diferentes e XP por equipe, mas, e os heróis?”. Talvez a maior diferença esteja aqui.  

Como jogar com os tipos heróis de Heroes of the Storm

tipo-de-heroi-heroes-of-the-storm

Se os mapas e o sistema de experiência são inovadores, os heróis apresentam a mudança mais sincera e interessante do jogo. Apesar de continuar sendo cinco componentes em cada equipe, os heróis são divididos por especializações: Guerreiro, Suporte, Assassino e Especialista.

“Mas isso tem no Dota 2 e no LoL...”. CALMA! É igual, mas é diferente!

Primeiramente, para entender essas especializações, é preciso voltar um pouco na parte de experiência. Se a experiência é dada para a equipe, isso significa que todos os heróis devem conseguir suas especializações de habilidade ao mesmo tempo, inclusive sua habilidade heroica. Logo, pensar nessas habilidades em equipe é fundamental.

Ao citar que existem especializações, significa que cada habilidade pode ser melhorada ao ganhar nível, através da escolha dos jogadores. Ao contrário do que seria usual, não se escolhe qual melhorar em dano ou alcance, mas como uma determinada habilidade pode ser melhorada. Como exemplo, Arthas (O Lich Rei) possui quatro escolhas no primeiro nível: Bloqueio, Presença Gélida, Fome Eterna e Mestre da Regeneração. Cada uma tem um impacto sobre as habilidades ou força do herói, mas apenas uma escolha pode ser feita. O grande trunfo está nas habilidades heroicas: todos os personagens possuem duas diferentes. No caso de Arthas, ele tem a escolha entre a habilidade Exército dos Mortos e Evocar Sindragosa. Este aspecto faz com que toda a dinâmica de jogo em equipe seja modificada a cada partida. Se sua equipe está perdendo, talvez seja interessante partir para uma determinada “build”, se estiver ganhando, para outra.

Com relação às especializações dos heróis:

Os guerreiros são os tanques dos times, tem como premissa ficarem vivos o máximo possível e retirar dano do time inimigo. Ficam na linha de frente e são ideais para manter pontos estratégicos, possuem grande quantidade de HP. Arthas, Muradin e Tyrael são alguns dos guerreiros do jogo.

Os suportes são, basicamente, a vida do time. As habilidades são focadas em manter o time vivo, seja através da recuperação de HP ou do atordoamento de um adversário. Apesar do dano infligido por estes personagens ser baixo, são essenciais para auxiliar o time no avanço contra o inimigo, sobretudo nas “Team Battles”, extremamente recorrentes no jogo. Dentre alguns personagens, destacam-se Lili, Tassadar e Asaluz.

Assassinos são responsáveis por procurar, encontrar e matar os heróis inimigos. O dano dessa especialização é focado em retirar a vida de outros personagens com o máximo de eficiência possível. Entretanto, quando comparados aos guerreiros, possuem menos vida e menos chance de sobreviver contra uma grande quantidade de inimigos. É o caso de Illidan, Tychus e Valla.

Especialistas, por sua vez, possuem o dano focado contra tropas e estruturas inimigas, com ataques de longo alcance, com o objetivo de destruir as fortificações inimigas em uma velocidade muito grande. Ao mesmo tempo, são responsáveis por capturar os acampamentos, dado sua facilidade de derrotar qualquer tipo de tropa. Sua presença nas “Team Battles” é importante, apesar de que cada especialista pode contribuir em uma batalha de forma completamente diferente de outro. Em geral, são heróis muito versáteis, capazes de lidar com diversas situações. Azmodan, Sylvana e The Lost Vikings são alguns dos heróis./

“Nossa, parece ser diferente mesmo. Como começar?”

tipos-de-heroi-hots

Começando a jogar Heroes of the Storm

Começar a jogar Heroes of the Storm é fácil, a curva de aprendizado é rápida, mas, ao mesmo tempo, é difícil conseguir a maestria com determinado herói. Isso porque entender as diferentes possibilidades que determinado personagem por oferecer e como isso pode impactar a partida demanda tempo e dedicação. Logo, se o seu objetivo é apenas se divertir, com certeza isso será garantido pela interface agradável e facilidade de entendimento do jogo. Ao mesmo tempo, se o objetivo é o cenário competitivo, isso também será possível, graças à dedicação necessária para obter o máximo desempenho com os heróis e, acima de tudo, o trabalho em equipe que deve ser desenvolvido entre os membros.

A dificuldade de cada herói para se jogar está inserida na descrição de cada um no jogo, de fácil a difícil em qualquer especialização. Alguns sites podem ajudar a entender o funcionamento do jogo, como os guias básicos; as builds e informações de atualizações.

Heroes of the Storm tem futuro?

moba-heroes-of-the-storm

O veredito final para o jogo talvez seja o de inovação. A Blizzard tenta trazer o gênero MOBA de volta para onde ele nasceu de uma forma única. Conhecida pelas suas famosas franquias, possui o conhecimento e as ferramentas para garantir que o seu novo jogo alcance patamares elevados, podendo disputar o cenário com Dota 2 e League of Legends, sobretudo quando se trata de e-sports. Se tudo isso não te convenceu, apenas uma palavra pode ser dita: jogue. Por mais que o jogo seja desmontado, analisado e guiado, apenas jogando para entender a diversão que é proporcionada e as grandes diferenças para os outros jogos do gênero.

“Eu não entendo inglês!”

Tudo bem. Está traduzido e localizado para português do Brasil. Chega de desculpas, vamos jogar!