olhar-geek-quarta-opo

desvendando-os-segredos-da-linguagem-corporal-A

Em algum momento da conversa, após falar durante quase dez minutos, você interrompe seu raciocínio para perguntar para a pessoa: “Você entende o que estou dizendo?”. Sem hesitar o sujeito responde “Sim, claro”, e em seguida esfrega a mão na nuca. É forte a possibilidade de ele não ter entendido porcaria nenhuma.

Falamos uma coisa, mas nosso corpo demonstra outra. Sem perceber estamos passando sinais para as outras pessoas. É normal o corpo revelar o que a nossa mente deseja. Outra reação para a pessoa que está desinteressada na conversa é retirar um pelinho praticamente invisível da própria roupa. Ela não está te dando atenção ou não se importa.

O livro “Desvendando os segredos da linguagem corporal” está repleto de explicações e significados para as milhares de reações que inconscientemente realizamos no nosso dia-a-dia. A obra de Allan e Barbara Pease não é apenas um guia para detectar alguém contando uma mentira. No livro podemos verificar alguns comportamentos para intimidar, seduzir, simpatizar, entre vários outros que acostumamos a utilizar. De qualquer forma, tudo o que expressamos pelos movimentos com as mãos, pernas, tronco e face está dizendo algo para alguém em uma interação.

Claro que é fundamental você analisar o contexto da situação. Se em um dia frio a pessoa estiver com braços fechados e cabeça abaixada, não pense que ela está te ignorando simplesmente por não te responder direito.

Uma série que passava no canal Fox trata justamente desse assunto. Em “Lie to me”, um especialista e detetive consegue capturar os menores movimentos expressados pelas pessoas, ajudando-o em suas missões.

Quando você termina de ler o livro, você sente que tem um superpoder, quase como se você pudesse ler pensamentos. Claro que não passa de uma ilusão, afinal, como diz o autor do livro, é necessário praticar exaustivamente para se tornar bom nisso.

Intimidar: os homens, quando se sentem ameaçados, procuram abrir os braços de forma a tomar mais espaço e parecerem maiores e mais ameaçadores. Está constatado (segundo um estudo publicado no livro) que pessoas altas impõem mais respeito. Ou seja, se quiser ser levado a sério, suas chances aumentam se você se levantar de uma cadeira por exemplo.

Seduzir: as mulheres são melhores em detectar a linguagem corporal em comparação com os homens. É por isso que no “jogo da sedução” ela está muito mais apta para perceber o que acontece a sua volta. É comum que a mulher tenha que repetir pelo menos 3 vezes o gesto do olhar, dando sinal verde para que o homem entenda que ela está flertando com ele.

Simpatizar: o sorriso é uma das principais demonstrações de empatia que o ser humano possui. A força de um sorriso pode transformar o tratamento que uma pessoa receberá de seu interlocutor. Mas preste atenção! Se o indivíduo estiver com um sorriso cerrado e com os pés apontados para outra direção, significa que ele está querendo sair dali, mas só permanece por educação.

“Desvendando os segredos da linguagem corporal” – 272 páginas – Autores: Allan Pease, Barbara Pease

desvendando-os-segredos-da-linguagem-corporal-B