olhar-geek-quarta-opo

esse-post-voce-sua-tia-e-a-grecia-antiga-qual-a-relacao

Esse é um texto para você finalmente se vingar de todos os “Fwd: Fdw: Fwd:...” que estão na sua caixa de entrada diariamente por culpa de sua tia. É um post para você encaminhar para ela. Na verdade, se você quiser que ele seja realmente efetivo, é melhor imprimir. Sim, aparentemente as pessoas ainda imprimem coisas para leitura.

No meio do almoço de domingo, separe alguns minutinhos, pegue na mãozinha frágil dela e diga “tia, hoje eu vou te contar a história do Cavalo de Tróia”.

Era uma vez, há muito muito tempo atrás, o povo grego e o povo troiano. Eles todos se odiavam.

Daí um dia, os gregos, bem maldosos, porém espertos, tiveram uma ideia. Construíram um cavalo e deram de presente pros troianos, se rendendo, o que quer dizer “não queremos mais brigar, queremos brincar juntos”.

Pegadinha do malandro! O cavalo estava cheio de soldados gregos, que botaram fogo em tudo.

E esses são os gregos zoando os troianos depois da Guerra de Tróia. EPIC WIN!

Enfim, tudo é só para explicar o que os Cavalos de Tróia de nosso computador são vírus, que abrem as barreiras dos nossos PC’s para outros vírus. Não, não são bonitinhos. Não, não dá para colocar na cristaleira. São maus, muito maus. Segundo esse site de pesquisas de antivirus, você pode evitar pegar o vírus evitando clicar em anúncios e programas suspeitos. Confira alguns exemplos nas imagens abaixo.

E não, nunca, jamais, sob qualquer hipótese ou circunstância clique em OK. E por favor, pare de usar o Explorer. Só pare.

Nesse momento você abraça sua tia e diz que vai ficar tudo bem. É um mundo de brutos, tia, só os fortes sobrevivem. THIS IS SPAAAR… não, pera. Gregos errados.

Os “trojans” são presentes de grego, e não dificilmente se passam por um download legal e interessante para você. Mas o que eles acabam fazendo é danificar o funcionamento do seu PC, roubar informações e deixar seu sistema vulnerável. Esse tipo de arquivo são malwares e não virus, embora sempre sejam chamado pelo segundo nome. Eles não infectam diretamente seu computador. Como na história, abrem a guarda para males bem piores.

Os cavalos-de-tróia são sempre instalados por você mesmo, atavés de arquivos .exe. Então, além de não instalar nada de fonte duvidosas, como as que mostramos, outros cuidados básicos são necessários. Observe os remetentes do seus e-mail (confirme se o endereço é realmente conhecido) e só baixe anexos que você tiver certeza que não lhe trarão problemas. Entre em contato por telefone ou Facebook se for necessário. De remetentes desconhecidos, cuidado redobrado com anexos .exe e .zip. Notou algo estranho? Desconecte-se para eliminar os arquivos fazendo uma varredura com o antivirus.

esse-post-voce-sua-tia-e-a-grecia-antiga-qual-a-relacao-2